Como Trocar a Bateria da CMOS de Notebooks HP

HP-20Pavilion-20DV6000-1_thumb-5B5-5D

HP Pavilion DV6000-1 Num post anterior, discutimos sobre o problema de superaquecimento dos notebooks HP dv6000 e descrevemos como recuperamos e atenuamos o problema no nosso HP dv6109us. No entanto, ainda há algo neste assunto que me inqueta.

 

 Por que o problema sempre demora aproximadamente 1 ano e meio para surgir?

 

A impressão é que os aparelhos foram programados para dar problema após 13 ou 14 meses de uso. Na internet várias pessoas relatam o aparecimento de problemas na wireless após 13 meses, sendo que um mês depois, o notebook apaga e não liga mais.

Já ouvi histórias de que o superaquecimento primeiro causa falha no chipset nForce, e que por isso o wireless cai primeiro. Em seguida, o as soldas da GPU se dilatam até que uma hora trincam. Mas então, porque elas não trincaram logo nos primeiros meses de uso?

E se não estou enganado, o outro controlador que alegam apresentar problemas fica do outro lado da placa mãe, bem longe da GPU. Como o superaquecimento poderia se espalhar tao longe?

Bom, minha suspeita é a seguinte. O que dura cerca de 1 ano e meio na maioria dos computadores, assim que efetuada a compra, e que todo mundo tem de trocar um dia?

 

Bateria HP dv6000 descarregada
A bateria da CMOS.

 

 

Localização da Bateria CMOS em VerdeE adivinhem? Ela fica do lado do chipset nForce, do lado do WiFi. Meu palpite é que estes dois podem estar relacionados de alguma forma.

 

Pode ser que não tenha nada a ver, mas de qualquer maneira teremos que trocar nossa bateria pois ela se esgotou. Uma bateria CMOS descarregada num notebook é mais difícil de descobrir, pois o sintoma mais comum deste problema, o reset do relógio do sistema, so ocorrerá se o note estiver fora da energia, sem bateria e desconectado da internet (o Windows ajusta o relógio automaticamente pela internet de vez em quando). O máximo que poderá acontecer é o note atrasar algumas horas durante a noite.

 

Update: Bom, acho que na verdade pode não ter nada a ver mesmo 😛 Como alerta o visitante Diego, em seu comentário mais abaixo, a wireless não é controlada pelo south bridge nForce (MCP51), mas sim pelo problemático north bridge (cujas soldas trincam devido à fadiga térmica). Uma pena, pois teorias da conspiração são deveras mais legais!

Obs: se for realmente trocar a bateria, faça com o notebook completamente desligado. Retire a bateria (a grande principal, de alimentação) e desconecte o plugue da fonte, se ele estiver conectado.

 

Substituindo a Bateria De Seu Notebook HP Pavillion dv6000

Se você já substituiu uma bateria de um desktop comum pode achar que a bateria do notebook é diferente das que você está acostumado a trabalhar. Inclusive, há “assistências” que cobram de R$50 à R$90 reais para trocá-la, sem jamais contar ao cliente que uma bateria dessa pode ser comprada em qualquer relojoaria por R$3,70. Esse foi o valor que paguei na Cetra, em Vinhedo, que não é uma relojoaria mas sim uma loja de informática (e bem bacana por sinal).

A bateria é do tipo CR2032 comum, com a diferença que está com um conector colado para ser plugado diretamente na placa mãe.

 

Para começar, despluguamos a bateria da placa mãe e a descolamos a borrachinha branca que a prendia no lugar. Com um estilete, cortamos a capa mais externa com cuidado para não cortar os fios ou estragar o encape de plástico que circundava a bateria.

Bateria original HP dv6000Bateria original HP dv6000 

A seguir, fizemos um corte no disquinho de plástico para retirá-lo por inteiro.

Bateria original HP dv6000 desmontada 

Com a bateria nova, soldamos os conectores nos polos corretos, com o vermelho positivo indo no lado marcado por um sinal de “mais” na bateria. (soldar os conectores na bateria pode danificá-la, mas nós fizemos assim mesmo).

A seguir, transferimos o disquinho de plástico (que evita que os polos se toquem) para a bateria nova e verificamos com o multímetro se ela havia sobrevivido ao processo e nao estava em curto, que marcou 3.2v. É normal uma bateria nova marcar mais do que seu valor nominal, que seria de 3v.

Bateria nova HP dv6000 adaptada

Finalmente, encapamos a bateria novamente com fita isolante (de preferência use fita de autofusão), colamos a borracinha branca embaixo novamente e a conectamos à placa mãe, fixando no mesmo lugar de antes.

Testando

Com tudo novamente no lugar, voltamos a bateria e conectamos a fonte e ligamos o notebook. Em primeiro lugar, aguardamos o logo da HP aparecer na tela para então apertarmos F10 e entrarmos na BIOS. Ajustamos a hora correta, demos um “reset default settings” e em seguida um “save settings and reboot”. Ao entrar no Windows, verificamos que tudo estava (na medida do possível) em ordem.

Agora, precisávamos verificar se bateria estava realmente aguentando segurar as configurações. Desligamos o notebook completamente, removemos a bateria (a grande) e desconectamos a fonte de energia. Para remover quaisquer resquícios de energia, seguramos o botão power do notebook por cerca de 60 segundos e o deixamos quieto por mais uns 10 minutos sem nenhuma fonte de energia.

Após esperar este tempinho, tudo o que tínhamos a fazer era religar a bateria e a fonte e entrar na BIOS novamente para verificar se o relógio ainda estava regulado – é melhor entrar na BIOS antes de tentar ligar o sistema todo pois o Windows poderia ajustar o relógio automaticamente com um servidor de tempo na internet antes que pudéssemos conferir o resultado. Tudo estava em ordem 🙂

17 Comments

  1. Amigo, obrigado pelo post pois eu estava precisando trocar a bateria além do serviço completo nesse NB. Eu discordo da sua “teoria da conspiração” XD pelo simples fato que a wireless não é controlada pelo SB nforce (MCP51) e sim pelo difamado e problemático NB, que além do controle do mini PCI possui o “maravilhoso” Go 6150.

    Tem um diagrama no site da nvidia mostrando os barramentos…

    Um abraço

  2. Muito bom o seu blog.
    Vou ver a bat está com a voltagem baixa.
    Mas pode ser mesmo a velha história da BGA… Vlw ! Debian ! GNU !!

  3. Olá, como faz pra retirar aqueles conectores q ficam preso nos polos da bateria original. os mesmos parecem estar colados ou soldados na bateria e estou com medo de danificá-los.

    Grato.

  4. Amigo, meus parabens por esse tuto, muito explicativo. No meu caso a unica coisa diferente é que o fio preto esta na parte + da bateria. Vou fazer aqui como esta espero que de tudo certo. Uma pergunta. Posso colár os conectores na bateria ao invez de solda-los ou tera algum problema?

  5. Olá Anonymous,

    Bom, se a cola ficar entre o conector e a bateria, temo que não haverá contato suficiente entre os dois… O ideal seria realmente soldar, mas se não estiver disposto, você também pode tentar com fita adesiva mesmo, desde que consiga garantir o contato entre o conector e o polo da bateria.

    []s,

    César

  6. Bom por hora como estou sem o ferro de solda fiz na fita Isolante, Bem esticadinha estou testando para ver se vai funcionar. Sobre o fio preto estar no lado + aki acho que é um erro de padrão mesmo, por parte dos fabricantes já que normalmente o preto é pra ser o – certo?

  7. Muito obrigado pelo POST…. vc é exemplar …..
    Eu curto muito desafios, e principalmente ajudar as pessoas a resolver problemas….
    Conhecimento e experiência valem ouro…
    Brigado irmãozinho por mais esse!!!

  8. Adorei o teu artigo, simples e pratico, já estava a perder a esperança de encontrar um site onde tivesse indicações tão objectivas.
    Bom trabalho!!!

  9. Amigo, parabens pelo artigo que explica muito bem o assunto.
    Agora o que me incomoda é que não sei se todo notebook usa bateria (do tipo cr 2032. Caso positivo vc. saberia me dizer donde fica a bendita bateria no Positivo Mobile Z61 ??
    Retirei a tampa traseira do note e não achei.
    O problema é que o teclado não funciona (so usando o teclado virtual) e o técnico diz que tem que trocar a bateria.
    Agradeço qualquer informação.

  10. Oi Anônimo,

    Sim, todo notebook deve usar algum tipo de bateria destas, se não o relógio do note não funcionaria quando a bateria principal estivesse descarregada… Agora, eu não sei bem o que teria a ver a bateria interna com o teclado. Não faz muito sentido, mas pode ser algum problema já documentado que eu desconheça.

    A bateria geralmente fica enrolada em uma fita preta e conectada a placa mãe por dois fiozinhos, vermelho e preto.
    Quando você diz tampa traseira, você diz aquelas que são feitas para serem desencaixadas, como a tampa do HD e da memória? Se ela não estiver acessível a partir destes compartimentos, será necessário desmontar o note para trocar.

    Espero que ajude!

  11. Amigo estou com um pavilion g4 e a hora estava atrasando, fiz conforme vc explicou so que agora so da uma mensagem assim CMOS Checksum Error – Defaults Loaded error 502 oque voçe me indica a fazer

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *