HP dv6000 não liga mais – o que fazer? (parte V)

pasta_ak450_akasa_thumb-5B4-5D

Parte V: Corrigindo a raiz do problema

O que tínhamos a fazer agora era cuidar para que o superaquecimento não ocorresse novamente. Lembra daquela pecinha de borracha que estava entre o chipset e o dissipador de calor? Pois bem… podíamos retorná-la em seu lugar como se nada tivesse acontecido, montar o computador e usar por algum tempo até ele queimar de novo, ou… fazer um contato de verdade, de metal, que melhorasse o fluxo de calor até o dissipador e diminuísse a temperatura do chipset.

O problema é que se você errar muito na espessura no metal, na hora de prender o dissipador a pressão no chip pode ser muita, e o chip pode rachar. E ai não tem mais volta…

Melhorando o fluxo de calor para o dissipador

Mas no nosso caso, esta já era a terceira vez que o problema acontecia. Na segunda, fabricamos nossa própria pecinha de cobre com cerca de 2mm de espessura e usamos o computador por um dia inteiro até a solda trincar de novo. Talvez o cobre não estivesse polido o suficiente. Na terceira vez, decidimos adaptar uma outra solução que encontramos num forum pela internet que não me recordo o nome:

Pasta térmica Akasa Num post, um rapaz parece ter resolvido o problema dobrando alumínio de marmitex (soluções brasileiras são sempre as mais legais) e recheando com pasta térmica até conseguir a espessura adequada. Em todo caso, é bom lembrar de limpar as superfícies (do dissipador e dos dies, tanto do chipset quanto do processador) utilizando álcool isopropílico e de estar sempre usando luvas, tanto para proteger suas mãos do álcool quanto para proteger os circuitos da gordura de suas mãos quando for aplicar a pasta.

 

 

Como tínhamos alguns metros de folhas alumínio industrial sobrando na despensa, recortamos uma tira como a da figura acima, a limpamos com álcool isopropílico, dobramos como uma sanfona, e na última dobra, demos a volta na peça para evitar que abra. Reabrimos a peça, passamos pasta em todas dobras (utilizando uma quantidade mínima, sempre), a dobramos de volta e então a firmamos com um alicate, formando uma peça retangular de alumínio contendo pasta térmica entre suas camadas internas.

IMGP0186 IMGP0125 IMGP0130

Finalmente, aplicamos a pasta térmica no die do chipset e na parte externa da peça, a substituímos no dissipador, prendemos tudo, conectamos algumas coisas, ligamos e…

 

Notebook HP dv6109us consertado após ressolda do chipset de vídeo

Tcharam!

 

Para ligar a primeira vez, conectamos apenas o mínimo necessário para verificar se o método havia funcionado. Conectamos o cooler na placa-mãe, o conector da placa que contem a entrada de energia, colocamos alguns parafusos para prender a placa-mãe ao case, encaixamos as memórias, o conector do painel que contem o botão power e conectamos o LCD. Pressionamos o botão power para ligar e aguardamos apenas o tempo suficiente para visualizar o lindo logo da HP aparecendo na tela e então o desligamos de novo, evitando as possíveis mensagens de erro que apareceriam na tela devido ao note estar pela metade.

dv6109us desmontado Concreto armado, eu te amo! S2

 

Finalmente, a Conclusão!

Continuamos remontando nosso notebook para verificar se as temperaturas estavam num nível aceitável. Atualizamos a BIOS e então conferimos o resultado final. O chipset gráfico ficou muito bom, com temperaturas em torno de 50°. Mas como não limpei direito o processador, acho que sua temperatura aumentou uns 5°C na média. Se a solda trincar de novo, presto mais atenção da próxima vez!

HP dv6109us ligando após reparo no chipsetDesktop Notebook HP 
Temperatura da placa mãe, processador e chipset de vídeo Temperatura do chipset de vídeo

Para medir a temperatura do laptop, utilizamos o software SIW, freeware que pode ser obtido nesta página. Já para medir a temperatura do vídeo, basta entrar no painel de controle NVIDIA, clicando com o botão direito no ícone NVIDIA ao lado do relógio do Windows e selecionando “NVIDIA Display -> Monitor do Laptop".

 

 

Bom, foi assim que economizamos mais R$200 para alguem ter feito o mesmo. Caso não desse certo, provavelmente tentaríamos a ressolda denovo. Se mesmo assim não resolvesse, bom, meu sogro já havia encomendado um lindo LG E500-K, que, além de ser melhor do que o HP antigo, ainda saiu mais barato!

Além do mais, por mais que o dissipador esteja melhorado, ainda era preciso atualizar a BIOS para a versão mais recente para não arriscar perdê-lo de novo. Agora estamos o utilizando sem bateria, apenas em casa, como se fosse um desktop para não forçá-lo muito. A atualização da BIOS F.3D para notebooks com processadores AMD pode ser obtida na página do produto HP e não leva mais do que 5 minutos para instalar. Mas tenha certeza de ler as instruções que aparecem na tela com atenção e de sempre segui-las à risca!

Qualquer outra dúvida ou sugestão, deixe um comentário!

 

Agradecimentos

Agradecimentos à minha namorada pela oportunidade de aprender um pouco mais, por emprestar a câmera fotográfica e por cozinhar pães de batata enquanto a gente cozinhava o notebook! E ao meu sogro por deixar (e me ajudar) a mandar 300ºC diretos na placa mãe do seu próprio notebook sobre a mesa da cozinha!

 

E a você, que está lendo, obrigado pela leitura! 🙂

 

 

Edit em 25/02/2009: Parte VI incorporada ao post original, considerando o feedback das pessoas que tentaram o mesmo procedimento para recuparar seus notebooks HP. Parabéns a quem conseguiu!

 

  • Parte VI: Feedback! >>
  • HP dv6000 não liga mais – o que fazer? (parte VI)

    video60e219663867-5B5-5D

    Parte VI: Feedback!

    Como imaginei, alguns leitores resolveram arriscar e tentar seguir o mesmo procedimento que nós. Parabéns aos que conseguiram recuperar seus aparelhos! No entanto, gostaria que prestassem muita atenção às temperaturas que seus chipsets e processadores estão trabalhando para verificar se o trabalho foi realmente realizado corretamente. É imprescindível também que todos atualizem suas BIOS uma vez que o sistema volte a funcionar, se não em pouco tempo todo trabalho realizado poderá ser perdido novamente!

     

    Aos que não conseguiram, bom, devo ressaltar que nem todos notebooks são recuperáveis com este método. Se a solda trincou de uma maneira que uma das “balls” da ball grid array se soltou, o chip deverá ser removido e sua solda refeita, o que só pode ser feito numa estação de ressolda profissional como essa aqui

     

    Estação de ressolda profissional

     

    Mas se você estiver se sentindo esperançoso, ainda há alguns outros procedimentos que valem a pena tentar para verificar se a trabalheira não foi em vão e você, finalmente, conseguir recuperar seu notebook.

    Caso o notebook esteja da mesma forma ou se ele passou a emitir sinais sonoros (um beep longo e dois curtos), mas mesmo assim nada aparece na tela:

    O primeiro procedimento a ser testado consiste em tentar retirar toda energia acumulada no aparelho. Retire a bateria do notebook, desplugue o cabo de alimentação, e, com o notebook totalmente sem energia, segure o botão power por cerca de 60 segundos. Ligue apenas o cabo de força e tente ligar normalmente.

    O segundo consiste em repetir a ressolda com o soprador térmico. Talvez você não tenha aplicado calor suficiente da primeira vez e a solda não ficou bem feita. Preste atenção ao estágio de pré-aquecimento e espalhe bem o calor por toda a placa.

    O terceiro também consiste em repetir a ressolda com o soprador termico. Porém desta vez, ao invés de concentrar o calor no chipset de vídeo, concentre no chipset nForce, que fica do lado do WiFi e está geralmente protegido por um plástico preto adesivo (que deve ser retirado, obviamente, antes de começar o refluxo da solda). O chipset nForce é responsável por coordenar a placa mãe e também pode se aquecer demais. Acredito que a falha no WiFi esteja mais relacionada com este circuito, já que estão tão próximos, porém é quase um chute. De novo, se quiser arriscar tente por sua conta e risco.

    Caso o notebook ligue e entre no Windows, mas o Wireless ainda não funciona:

    Se você conseguiu fazer o notebook ligar, mas o Windows ainda não reconhece o Wireless (e nem a luzinha azul do painel do notebook acende mesmo quando há redes sem fio presentes), tente primeiro resetar a BIOS. Aproveite e veja se a bateria da BIOS não está descarregada, como foi o nosso caso. Se mesmo assim não resolver, formate e reinstale o Windows (você fez aqueles discos de recuperação da HP, certo?)

     

     

    Com o tempo, novas informações serão adicionadas aqui. Boa sorte!

     

    Essential Software for Windows

    Opera-5B1-5D

    Here is a list of useful software I usually install whenever I do a fresh Windows (XP) install. Most of them are free or have free versions available, while others do not.

    For a list of essential software for linux, click here.

     

     

    System Tools

    • ClamWin – The free, open source ClamAV antivirus port for clamwinWindows. It doesn’t have a real time scanner, but who needs one, anyways? Very lightweight and doesn’t get in your way at all.
    • Spybot – Search & Destroy – Third party option for protection agains malware/adware. But I usually leave the TeaTimer (realtime scanner) option disabled.
    • Microsoft Bootvis – Formerly offered on Microsoft’s Website, BootVis is a “is a performance tracing and visualization tool” for helping “identify performance issues for boot/resume timing“. Some says it cannot speed up startup time, but it definitely does for me. All you have to do is install it then click on the “Optimize” button and wait while it does its magic.
    • Macrium Reflect Free – The best backup solution I’ve ever seem. Its worth paying for the full version, but the free one does just as well – it creates images of your entire disk or entire partitions in less than 5 minutes, copying either only the used sectors or making a bitwise copy of your drive, has backup verification, can create Linux or Windows based rescue CDs, backups even your MBR and backups directly from Windows, without needing to reboot using a bootable CD.

      The only regret I have is missing its full version for free when it was available through GiveAwayOfTheDay back in June.

    • WinDirStat – Creates a map of your harddrive so you can see exacly how your disk space is being used. Very useful to discover why your 250GB HD has only 1.7GB free.

     

    File Tools

    • 7-Zip – Archiver (file compressor) with one of the best compression rates out there. Can employ ultra compression at the cost of extra amounts of memory and processor time, but its normal compression is just fine. Plus it is open-source and free, unlike WinRAR.

     

    Browsers

    • OperaOpera – The Fastest Browser on Earth! Has integrated email, chat, BitTorrent support and is incredibly fast! Has other cool features like mouse gestures, popup blocking and password manager already built in. Definitively my browser of choice, be it in Windows, Linux, mobile phones, game consoles, televisions or fridges.

     

    • Google Chrome – Because its always good to keep asimonn alternative browser to your alternative browser lying around.

     

     

    Security

    • PuTTY – The best free Secure SHell (SSH) client for Windows.
    • TrueCrypt – Opensource software for transparent, on-the-fly, realtime encryption. Can hide entire drives and even boot partitions making them completely invisible if you don’t know how to reach them.
      • Update: TrueCrypt  was discontinued back in 2014 and has subsequently not been maintained. A number of security flaws have been uncovered and as a result we are reaching out to people to highlight a list of alternatives. Please see this page for more details and for a list of alternatives for TrueCrypt.

     

    Multimedia

    • Winamp – Winamp has been my player of choice since 1997 on Windows. The AVS plugin is just fantastic, and together with DFX for Winamp and NowPlaying (for Live Messenger) it is a complete, feature rich and the sexiest player ever to sit docked on the top of my screen.

    WinampBetter yet is enabling the AVS video overlay (so you can see it on your TV) and set it to change your desktop to the overlay color. Its an amazing effect. But of course, if you own a Geforce card, only if it is a model prior to the 8000 series, if your Windows is prior to Vista and your video driver is old, because NVIDIA, in its infinite wisdom, has completely disabled video overlay on TV for its newer cards and drivers, AFAIK.

    • Media Player Classic – I like Windows Media Player, but whenever it gets in my way its always good to have this alternative around. Plus it just works with my WinLIRC remote out-of-the-box.
    • ffdshow – The One decoder to rule them all. FFdshow decodes nearly everything, video and audio, from mp3 to AAC, mpeg to XVid. Has support for subtitles, postprocessing filters and more. You don’t have to install bloated codec packs which will just mess your system anymore.
    • Real Alternative – The DirectShow filter for watching Real Media videos without Real Player. Just like with QuickTime Alternative, you can view your videos on your player of choice, be it Windows Media Player or Media Player Classic. You just have to register the extensions with your choosen player the first time you open your media.
    • CDBurnerXP – After many years using Nero, and considering the bloatware is has become, I’ve ditched it in favour of this simpler, cheaper, free as in beer alternative and have not looked back ever since.

     

    Development

    • Microsoft Virtual PC – A must have if you like to test neat, cutting edge or just unknown dangerous stuff without risking compromise your main system, or if you need to make tedious testing with different operating systems all in one computer. In my opinion, better than VMWare.
    • .NET Reflector – Apparently, the free software from Lutz Roeder which enables us to peek into CLR assemblies and browse its source code was sold to Red Gate. I can only hope this excellent tool continues as a freeware for us developers.
    • CADSoft Eagle – The Easily Applicable Graphical Layout Editor, or EAGLE for short, is a very complete circuit designer and layout editor, a must have for the electronics hobbyist. The freeware version is enough for most people, but the full version is very worth paying too.
    • Proton DE – The Proton Development Suite for PICBASIC programming (BASIC for Microchip’s PICmicros®).

     

    Internet Utils

     

    Others

    • Adobe Reader – The Standard Portable Document Format Reader. For some time I ditched Adobe Reader in favour of Foxit as it was becoming completely unusable due to the giant memory footprint and “resource hungryness” of its previous versions. But since it’s last version, it has improved a lot, so I’m giving it another try.
    • components-colorWinLIRC – Control your PC using your any infrared remove control. I’d post about how to craft your receiver but there are many good tutorials available on the internet. I may post about mine later in the future.

      The funny thing is, albeit this was originally a Linux program, I’ve never got it to work under Linux, even if it works great on Windows.

    Configuring WinPic800

    WinPic800 is a free (as in beer) PIC programmer software compatible with the Tait-style of hardware programmers. In addition, it is also compatible with the programmer I detailed in my last post.

    However, due to the variety of styles and designs of the same programmer out in the web, one has to carefully configure soft programmers so they can talk with a hardware device. To configure WinPic800 to work with the parallel schmitt trigger programmer, please follow this instructions:

    • Download the latest version of WinPic800
    • Download the hardware definition file for this device
    • Locate the directory where you installed WinPic800
    • Put the downloaded .hwp file inside the Hardware folder
    • Open WinPic800, go to Devices > Settings > Hardware
    • Select the Tait Schmitt device entry and click OK

    Now you may plug the hardware on the parallel port, insert a PIC on the programmer, turn it on and then click on Device > Detect Device. The name of the microcontroller on the programmers socket should be shown on screen.